Unochapecó
Goio-En
Farmácia Escola

CATEGORIAS

Doações Fundeste

Encontre uma notícia no site

NOTÍCIAS

05.07.2017

4 de julho: uma data que marca o início do ensino superior na região

Quatro de julho é um dia muito importante na história do ensino superior no Oeste de Santa Catarina. A data celebra o início de uma revolução na região, já que completa 47 anos do surgimento da Fundação Universitária do Desenvolvimento do Oeste, a Fundeste. Para lembrar a data, nesta terça-feira (04/07), foi realizada uma comemoração na Unochapecó, Instituição mantida pela Fundeste. O evento contou com a participação da reitoria da Universidade, membros do conselho diretor e presidência da Fundeste e representantes dos projetos apoiados pela Fundação.

Com o objetivo de promover o acesso à educação e à cidadania, a Fundeste mantém seu papel ativo na sociedade como mantenedora da Unochapecó, contribuindo com a inserção de mais de 30 mil pessoas no ensino superior. Além da Universidade, a fundação também mantém o Instituto Goio-En e a Farmácia-Escola Unochapecó.

Segundo o presidente da Fundeste, Vincenzo Francesco Mastrogiacomo, a entidade é resultado de um forte movimento comunitário que surgiu ainda no início da década de 70. Visava, naquela ocasião, proporcionar à comunidade a oportunidade de cursar uma graduação. Dois anos depois da assinatura da fundação, surge então a Unochapecó, concretizando o desejo de fomentar a educação na região. “Na época, após a conclusão do ensino médio, os estudantes precisavam se deslocar até capitais, como Florianópolis e Porto Alegre, para estudar. Por isso, a Unochapecó foi um dos pilares da educação superior no Oeste catarinense”, destaca o presidente.

De acordo com o reitor da Unochapecó, professor Claudio Jacoski, de lá para cá, a instituição passou por várias fases. “Começamos com o nome da nossa mantenedora, Fundeste, e agora levamos Chapecó na nossa marca, o que também nos orgulha profundamente. Esse ano, inclusive, tivemos um presente de aniversário antecipado, que foram os resultados da avaliação de recredenciamento institucional junto ao Ministério da Educação. Uma conquista que não é só da Instituição, mas de todos os estudantes, professores, técnicos e comunidade que fazem a Unochapecó ser referência em sua qualidade de ensino”, avalia o reitor.

Pensando no futuro

Passados mais de 47 anos, e rumo ao cinquentenário, o presidente da Fundeste afirma que a entidade não parou no tempo e busca cada vez mais elevar o nível de qualidade de suas instituições mantidas. Segundo Vicenzo, o diálogo e o alinhamento das gestões, a exemplo da reunião que antecedeu o café da manhã de hoje na Unochapecó, é essencial. “Nossa visão é criar mais cursos de graduação, mestrados e doutorados, possibilitando uma formação completa à comunidade.”

Durante o encontro realizado na manhã desta terça-feira, também foi apresentada a ideia de registrar a história da Fundeste através de um livro ou uma exposição fotográfica. “Rumo ao 50 anos, sentimos a necessidade de documentar a importância da fundação para as futuras gerações. Resgatar a história do ensino superior do município e da região, através de documentos e registros fotográficos da época”, antecipa o vice-presidente da entidade, Plínio Seidler.

« voltar

Av. Senador Attílio Fontana 591E - Bloco F - 3º piso - Bairro Efapi - CEP 89809.000 - Chapecó - Santa Catarina
+55 (49) 3321-8343